Bem-vindo – 22/06/2024 12:20
Previous slide
Next slide

Autor de roubo no DF atira em policial e acaba preso no Goiás.

A Polícia Civil, por meio da equipe da DEAM de Valparaíso de Goiás, prendeu em flagrante no dia 03 de maio de 2022 o autor de crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, roubo circunstanciado pelo emprego de arma de fogo e tentativa de homicídio qualificado contra agente de segurança pública no exercício da função.

Durante diligências para encontrar e prender autor de crime de coação no curso do processo em contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher, os policiais da DEAM flagraram na via pública um homem portando um revólver calibre 38. O autor, ao perceber a aproximação dos policiais, dispensou a arma junto a um muro, atrás de cerâmicas quebradas e disfarçadamente tentou se afastar do local. Diante da atitude suspeita do autor, os policiais civis o abordaram, encontrando a arma de fogo e realizando a prisão em flagrante.

Chamou a atenção dos policiais o fato de que o conduzido estava bastante agitado, com machucados nas pernas, restos de capim na roupa. Diante dessas circunstâncias, ao ser perguntado pelos policiais a respeito do que havia acontecido antes daquele flagrante de porte de arma de fogo em via pública, o conduzido informou que havia acabado de praticar um roubo e que, durante a fuga, tinha atirado contra um policial em Santa Maria/DF.

Após diligências junto às delegacias da região, confirmou-se que de fato havia ocorrido naquela tarde um roubo seguido de uma tentativa de homicídio e que as vítimas ainda estavam na Delegacia de Santa Maria concluindo o registro da ocorrência.

As vítimas então foram encaminhadas para a DEAM de Valparaíso de Goiás, para a lavratura do flagrante quanto a todos os crimes praticados pelo conduzido naquele dia. Tanto o ciclista roubado quanto o policial militar contra quem foi efetuado um disparo de arma de fogo reconheceram o conduzido como autor dos crimes. A bicicleta foi restituída ao ciclista. O autor dos crimes foi encaminhado ao presídio municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *