Bem-vindo – 13/04/2024 04:12
Previous slide
Next slide

Governador Ronaldo Caiado assina decreto transformando companhia de choque em batalhão de choque no entorno.

O Deputado Wilde Cambão comemorou a notícia dada á ele através do Governador

Investindo na segurança do entorno, o Governador Ronaldo Caiado assinou o decreto transformando a 33ª companhia de choque em batalhão no entorno, a extinta companhia agora Batalhão de Choque fica Sediada na cidade jardins em Valparaíso ao lado da prefeitura.

Para o comandante do Batalhão Major Fernandes, a notícia de mudança chegou de surpresa recebida com muito entusiasmo para gloriosa PMGO, o comandante agradeceu a decisão do governador e disse que o resultado é mais segurança para área de atuação do batalhão.

O batalhão de choque no entorno é responsável, especializado para resolver o chamado Gerenciamento de crise ( CONTROLE DE DISTÚRBIO CIVIL, PRAÇAS DESPORTIVAS, INTERVENÇÕES EM PRESÍDIO, PATRULHAMENTO TÁTICO ). Este batalhão é acionado quando tudo sai do controle, com técnicas avançadas em gerenciar conflitos com ameaças de danos, como rebeliões em cadeias, o Batalhão de Choque é chamado para resolver.

MAIS SEGURANÇA PARA O ENTORNO DISSE O GOVERNADOR

Os Comandos Regionais da policia militar (CRPM) de Águas lindas, Luziânia, formosa e posse, contam com o policiamento de choque nas ruas não só para o patrulhamento, o maior efeito do batalhão de choque é quando tudo sai do controle, o choque chega e resolve.

COMPROMISSO COM ENTORNO

O Deputado Wilde Cambão comemorou a notícia dada á ele através do Governador, “recebi na manhã de hoje a informação do decreto que através do governador a companhia de choque virou batalhão, é mais uma vez o governador mostrando compromisso com o entorno, por se tratar de divisas de estado GO-DF temos que reforçar a segurança, para o crime não existe divisas então o melhor a ser feito é reforçar o policiamento para o cidadão Goiano no entorno” Disse o deputado.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *