Bem-vindo – 22/06/2024 12:04
Previous slide
Next slide

Homem preso suspeito de abusar sexualmente de crianças

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em Montes Claros, no Norte de Minas, um homem de 48 anos, suspeito de abusar sexualmente de pelo menos seis crianças, com idades entre 5 e 11 anos. A maioria delas pertencia à família do suspeito. Ele foi levado para o presídio de Bocaiuva, na mesma região.

De acordo com a delegada Karine Maia Costa, da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher de Montes Claros (Deam), o suspeito, até então, não tinha passagens pela polícia e tinha trabalho fixo (seria auxiliar de serviços gerais).

Segundo a polícia, o homem frequentava uma igreja evangélica, onde também teria cometido abusos contra suas vítimas. “Ele é uma pessoa que trabalha, que convive em sociedade e não tem passagem pela polícia. Muitas pessoas frequentavam a igreja. Inclusive, ele abusou de meninas na igreja. Então, possivelmente, têm outras vítimas e precisamos que elas denunciem. Quanto mais vítimas (aparecerem), maior será a condenação”, afirmou a delegada Karine Maria nesta sexta-feira (23/7).

De acordo com a Polícia Civil, até o momento, foram reconhecidas cinco meninas, além um menino, que teriam sofrido abusos por parte do suspeito. Entre as vítimas, estão a filha, primas, enteada e um neto do investigado, além da filha de um pastor da igreja que o suspeito frequentava e de uma amiga dessa menina.

A delegada Karina Maia, contou que os crimes começaram a ser apurados depois que uma suposta vitima contou ao pai que sofria abusos por parte do suspeito havia mais de um ano. A partir de então, familiares da criança se reuniram e tomaram conhecimento das outras vítimas do abuso e, por isso, denunciaram o caso. De acordo com Karine Maia, das seis vitimas identificadas até agora quatro, são da família do homem e duas são filhos de amigos dele.

Segundo ela, algumas vítimas hoje são adultas e teriam sofrido a violência sexual quando eram crianças. As vítimas passam por avaliação e acompanhamento psicológico.

A delegada informou que, em depoimento na delegacia, o homem confessou os abusos sexuais contra crianças. “Ele prestou depoimento e confessou seis abusos sexuais, dizendo que não consegue se conter, que tem vontade de abusar de crianças acima cinco anos. Que tem um problema com isso, que tem consciência desse problema, mas que ele não consegue se conter”, declarou Karine Maia.

A responsável pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher informou que existem informações no autos do inquérito de que o homem também tirava fotos e filmava os abusos sexuais contra crianças, “o que faz com que a situação dele piore ainda mais”.

Karine Maia disse que acredita que existem outras vítimas, pois o suspeito convivia com muitas crianças no templo, onde ele tocava instrumento musical, e na casa dele. “Ele não tem passagem policial e é uma pessoa que, até então, passava confiança para quem convivia com ele. Por isso, os pais confiavam a ele tarefas como levar as crianças a determinados locais, e deixavam elas frequentarem a casa dele”, explica.

A policial orienta a todas as vítimas que tenham sofrido abusos por parte do suspeito, e que ainda não o denunciaram, a procurarem a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Montes Claros, na rua Enor de Brito, 222, bairro Morada do Sol, ou pelo telefone (38) 3229-4430.