Bem-vindo – 16/07/2024 02:57
Previous slide
Next slide

Homem que matou mulher e filhos em Goiânia pode ter tido surto psicótico, aponta PC

Polícia vai ouvir testemunhas e analisar se o homem possuía algum tipo de problema psicológico ou depedência com drogas

O homem, identificado como Junio Costa Silva, usou de golpes de faca para assassinar a esposa, Tatiane Sales Nunes, e o casal de filhos. Na sequência, o agressor tirou a própria vida.
O homem, identificado como Junio Costa Silva, usou de golpes de faca para assassinar a esposa, Tatiane Sales Nunes, e o casal de filhos. Na sequência, o agressor tirou a própria vida. (Foto: Reprodução – Redes Sociais)

O homem que matou a esposa e o casal de filhos, de apenas 3 e 7 anos de idade, pode ter tido um surto psicótico. A informação é da Polícia Civil, que investiga o caso ocorrido durante a noite desta terça-feira (1º), no Jardim Botânico, em Goiânia. A Polícia Militar (PM) narra que o homem, identificado como Junio Costa Silva, usou de golpes de faca para assassinar a esposa, Tatiane Sales Nunes, e o casal de filhos. Na sequência, o agressor tirou a própria vida.

De acordo com a delegada Caroline Paim, a principal causa do crime até o momento é um provável surto psicótico. Para confirmar essa hipótese, a polícia vai ouvir testemunhas que tiveram contato com os envolvidos no crime momentos antes dele acontecer. Além disso, vai apurar se o homem possuía algum tipo de problema psicológico ou depedência de drogas que possa ter ocasionado o suposto surto.

“A princípio, ele teve um surto psicótico, mas não podemos afirmar ainda se ele tinha problemas psicológicos ou fazia uso de drogas. Como ele atentou contra a própria vida após os crimes, há a extinção da punibilidade, mas não existe outro suspeito”, informou a investigadora.

Homem mata esposa e filhos: o que se sabe até agora?

Vizinhos não escutaram pedidos de socorro, mas acreditam que os crimes aconteceram assim que a esposa do homem, que trabalhava como atendente em uma padaria, chegou do trabalho.

A vizinha Marilúcia Machado afirma que foi uma familiar quem encontrou os corpos e acionou o o Corpo de Bombeiros. A equipe, no entanto, apenas constatou os óbitos. A moradora, que ressalta ter acompanhado o crescimento das crianças, reforça que a vizinhança está surpresa e chocada com o episódio de violência.

Na visão dos vizinhos, a mulher teria sido a primeira vítima. Mas o pai também assassinou os filhos do casal, um menino e uma menina. Segundo a PM, os corpos apresentavam várias perfurações causadas por faca. O garoto era o filho mais novo e completaria 4 anos de idade no próximo sábado (4).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *