Bem-vindo – 19/04/2024 11:45
Previous slide
Next slide

Moradora de (SAD) batizada com nomes de amantes do pai, consegue troca do nome na Justiça

Mulher contou ter passado por constrangimentos e transtornos ao longo da vida por causa do nome. Nome era a junção do das duas mulheres.

Uma moradora de Goiás que foi registrada em homenagem a duas amantes do pai conseguiu mudar o nome na Justiça, em Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Defensoria Pública de Goiás, o nome dela, que foi registrado pelo pai, era a junção do nome das duas mulheres.

“Meu nome era pra ter sido como minha mãe escolheu. Porém, quando nasci, só o pai podia fazer o registro. Na época, meu pai estava com raiva da minha mãe, aí ele colocou outro nome, que era a junção do nome de duas amantes”, destacou.

A decisão que autorizou a mudança foi deferida pela 2ª Vara Cível, Fazendas Públicas, Registros Públicos e Ambiental de Santo Antônio do Descoberto, no dia 14 de novembro. No entanto, o caso só foi divulgado pela defensoria na quarta-feira (6).

À defensoria, a moradora contou que, ao longo da vida, sofreu vários constrangimentos e transtornos devido ao nome que foi registrada. O pedido de mudança foi protocolado em maio deste ano pelo defensor público Marco Túlio Felix Rosa.

“Não há como negar à pessoa o direito de ter alterado seu registro civil para que dele conste o mais fiel retrato da sua identidade”, descreveu o defensor no documento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *