Bem-vindo – 16/07/2024 02:45
Previous slide
Next slide

Mulher é presa por esfaquear namorada, em Goiânia

Uma mulher de 30 anos foi presa pela Polícia Civil, na quarta-feira (4), suspeita de ter matado a própria namorada após uma discussão na celebração do Natal passado na casa onde moravam, em Goiânia. A investigação apontou que a suspeita esfaqueou a vítima na barriga e a deixou agonizando por três dias, trancada dentro de casa.

O nome da suspeita não foi divulgado. Por isso, a defesa não foi localizada para se manifestar sobre a prisão. A polícia informou que ela admitiu o crime e disse estar arrependida. A mulher foi encontrada e capturada em Aragarças, na região oeste do estado.

Segundo a investigação, o homicídio foi motivado por ciúmes. As duas tinham uma relação amorosa conturbada e brigaram após ingerirem bebidas alcoólicas na festa de Natal, de acordo com a polícia.

Após deixar a namorada trancada por três dias com ferimentos na barriga, a suspeita percebeu que ela estava debilitada e chamou uma corrida por aplicativo para levá-la a um hospital. No entanto, a vítima morreu no dia seguinte.

Inicialmente, a suspeita informou para as equipes policiais que a vítima teria sido esfaqueada por outra pessoa, enquanto caminhavam no Setor Bueno, na capital.

Porém, após meses de investigação, o delegado Marcos Gomes identificou que a autora foi a própria companheira da vítima.