Bem-vindo – 13/04/2024 03:57
Previous slide
Next slide

PCDF deflagra um esquema de venda de autopeças roubadas

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou operação nas primeiras horas desta terça-feira (13/7) para desmantelar esquema de compra e venda de peças que pertenciam a veículos roubados e furtados na capital da República. A Operação Autopeças S/A cumpre 37 mandados em cinco regiões administrativas do DF, além de Águas Lindas, no Entorno, e Goiânia (GO).

Cerca de 150 policiais cumprem 10 mandados de prisão preventiva, duas temporárias e 25 de busca e apreensão em Ceilândia, Gama, Taguatinga, Samambaia, Sol Nascente, além das outras duas cidades goianas. O alvo são empresários e funcionários que faturam com a venda de autopeças sem comprovação de origem.

Segundo investigações da Divisão de Combate à Adulteração de Veículos e Desmanches (Dirad), da Coordenação de Repressão a Crimes Patrimoniais (Corpatri), o esquema passou a utilizar empresas fantasmas, que emitem notas fiscais frias para dissimular a origem criminosa dos equipamentos automotivos.

Objeto de desejo de quadrilhas especializadas, veículos que circulam pelas regiões administrativas do DF foram alvo de 21.669 roubos e furtos, entre janeiro de 2019 e abril deste ano. O desmanche e a venda de peças, como portas, faróis e capôs, entre outras, estimulam a ação dos “puxadores” – como são chamados os ladrões com expertise em arrombar e ligar os veículos em questão de segundos.