Bem-vindo – 20/04/2024 04:51
Previous slide
Next slide

Polícia indicia pai que abusou e obrigou filhos a assistir pornografia em Valparaíso (GO)

Um dos menores enfrentava um tratamento de leucemia na época do ocorrido. O crime foi descoberto após o irmão mais novo fugir de casa e procurar a polícia.

Polícia Civil concluiu a investigação e indiciou o pai de dois adolescentes por praticar abuso sexual contra eles e obrigá-los a assistir conteúdos pornográficos, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. O homem foi indiciado no início dessa semana, mas o caso foi descoberto em 2009, quando os adolescentes tinham 14 e 16 anos. A investigação aponta que o abuso começou quando o mais velho tinha 10 anos. O homem segue detido na penitenciária local.

O filho mais novo foi quem procurou a polícia após fugir de casa. Em depoimento, ele relatou que era obrigado a movimentar o órgão genital do pai enquanto assistiam pornografia, além de ser ameaçado para que fizesse sexo oral no homem. O menor relatou ainda que, enquanto sofria abuso, ouvia o pai dizer que iria “comê-lo”, assim como fazia com o irmão mais velho, que estava fragilizado devido ao tratamento contra leucemia que enfrentava quando o crime aconteceu.

Agressão física

Após a denúncia do adolescente, a polícia ouviu o irmão, que confirmou os relatos do mais novo e contou que os dois eram agredidos com frequência, com chutes e pauladas. Em um dos episódios, o pai amarrou o caçula com cordas na casinha do cachorro e o deixou sem comer durante o dia.

A mãe dos adolescentes alegou que via sinais de agressão física no corpo dos filhos e que a filha relatava que os irmãos eram “judiados” pelo homem. Porém, sempre que questionava o marido, ele negava.

Os policiais se dirigiram até a casa do pai e efetuaram a prisão. O homem negou que abusou dos filhos e foi indiciado por estupro de vulnerável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *