Bem-vindo – 20/04/2024 03:24
Previous slide
Next slide

VÍDEO : Caso Dama de Vermelho : Diretor da PCDF determina empenho de delegacia na apuração de envolvidos em vídeo dama de vermelho

O vídeo circulou nas redes sociais durante esta terça-feira (22/2). Nas filmagens, é possível ver vários homens, com fuzis, parando via movimentada de Taguatinga, para uma mulher vestida de vermelho atravessar a rua.

Um vídeo que circula nas redes sociais nesta terça-feira (22/2) mostra uma mulher, vestida de vermelho, rodeada por homens que aparentam estar com fuzis, em plena luz do dia, na Avenida Samdu Norte, em Taguatinga. No momento, para a tradicional “foto”, os envolvidos decidiram pausar o trânsito da região.

O diretor da PCDF, Robson cândido determinou que a delegacia da aérea apure o caso com rigor, segundo cândido o proprietário de uma loja foi ouvido o diretor ainda disse que espera o mais rápido possível a identificação de todos os envolvidos na filmagem (veja)

Nas filmagens, ao menos oito pessoas com fuzis pararam as três faixas da via para o momento da foto. Após tirarem a fotografia, os envolvidos deixaram a rua, sendo que o fotógrafo até fez um “joinha” para que o trânsito pudesse voltar normalmente.

Uma loja de artigos de pesca onde também funciona um estande de tiros apareceu ao fundo das filmagens. Em nota encaminhada à imprensa, a empresa afirmou que vai apurar as responsabilidades dos envolvidos no vídeo e pontuou que o acontecido não reflete os princípios e valores da empresa. A loja ainda reforçou “que as imagens ferem os valores dos CACs e em nada ajudam a política armamentista”.

A reportagem do Correio procurou a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), que afirmou que não teve conhecimento do caso e que nem foi acionada para ocorrência na localidade. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) irá apurar o fato por meio da 17ª Delegacia de Polícia. Segundo a assessoria de comunicação da corporação, os envolvidos podem responder por porte ilegal de arma, caso as investigações comprovem o crime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *