Bem-vindo – 23/05/2024 13:47
Previous slide
Next slide

Luziânia: pai que produzia e vendia material pornográfico da própria filha é preso

Ele não teve detalhes da identidade revelada

Um homem que produzia vídeos pornográficos da própria filha e os vendia por meio de pagamentos via pix foi preso na última sexta-feira (19) pela Polícia Civil de Goiás. A investigação foi conduzida pela Delegacia de Proteção à Criaçã e ao Adolescente, com apoio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, ambas de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

A corporação recebeu no dia 18 de abril (quinta-feira), a denúncia de que o pai produzia conteúdo pornográfico da própria filha e depois negociava as fotos e vídeos por meio de pagamentos Pix, o que fere o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA).

Em aproximadamente 24 horas após receber a denúncia, a corporação efetuou investigações e iniciou as operações necessárias para localização do suspeito.

A equipe continuou as diligências e no dia seguinte, por meio da consulta a sistemas policiais e o levantamento de endereços, localizou e prendeu o autor em flagrante. Ele não teve detalhes da identidade revelada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *