Bem-vindo – 23/05/2024 11:57
Previous slide
Next slide

Mulher que levou idoso morto em banco tem problemas psiquiátricos, diz filho

Houve pedidos, em 2022 e 2023, para que Erika Nunes fosse internada

A família de Paulo Roberto Braga, 68, e de Erika de Souza Vieira Nunes, 43, pronunciou-se sobre o caso do idoso que, já morto, estava frente a atendentes de um banco no Rio de Janeiro para retirada de um empréstimo de R$ 17 mil. Em depoimento ao Fantástico, da Rede Globo, neste domingo (21), os parentes a defenderam e disseram que ela tem problemas psiquiátricos.

Erika foi presa em flagrante por suspeita de vilipêndio a cadáver —tratar de maneira desrespeitosa o corpo— e furto mediante fraude. Segundo um dos membros da família, antes de sair de casa em direção ao banco, por volta de 12h20 ou 12h25, o homem estava vivo.

Lucas Nunes dos Santos, um dos filhos de Erika, afirmou que a mãe tem histórico de tentativas de suicídio. Relatórios médicos apresentados ao Fantástico pela família apontam que houve pedidos médicos de internação psiquiátrica em 2022 e 2023 por dependência de sedativos. Também se fala em alucinações.

Ana Carla de Souza Correa, advogada de Erika, declarou ao Fantástico que a parente de Paulo estava em negação, dentro do banco, diante da possibilidade de que o homem estivesse realmente morto.

Lucas disse que a mãe criou seis filhos e nunca roubou ou enganou ninguém. “Minha mãe ensinou o caminho que é correto”, disse. “Nossa vida é muito bem encaminhada e nossa mãe foi nossa maior inspiração.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *