Bem-vindo – 19/04/2024 12:30
Previous slide
Next slide

Padrasto confessa ter estuprado enteada de 7 anos

Polícia Civil prendeu um padrasto de 30 anos que confessou ter estuprado a enteada, 7 anos, em “momento de fraqueza”. Caso aconteceu em Goiânia. Abuso, segundo a polícia, aconteceu no dia 2 de março de 2021, na casa em que ambos viviam no Jardim América. Porém, o suspeito só foi preso nesta quinta-feira (29).

Durante o depoimento, o homem afirmou aos investigadores que no ano passado havia passado a mão por cima da roupa da menina. Porém, naquela ocasião, a criança, que na época estava com 6 anos, não contou para ninguém. Agora em 2021, o ato foi mais grave e a vítima contou para um familiar, que procurou a Polícia.

Depois que o crime foi denunciado, o suspeito fugiu e se mantinha escondido na cidade de Anápolis até o dia em que foi preso, no Residencial Ipanema. A pena máxima para o crime de estupro de vulnerável é de 15 anos de reclusão.