Bem-vindo – 22/06/2024 12:42
Previous slide
Next slide

Acusado de render e roubar motorista de aplicativo é preso no DF

O acusado esperou o motorista parar no local onde almoçava, momento que foi rendido e teve o carro roubado.

A PCDF, através da 15ª DP, deflagrou a operação Estação XIX, e prendeu, de forma temporária, um homem de 39 anos de idade, suspeito de ter sido um dos autores de um crime de roubo a veículo, ocorrido em 18/2/2024 na QNM 19. Segundo apurado, a vítima, um motorista de aplicativo de 39 anos de idade, havia acabado de realizar uma corrida e decidiu estacionar seu veículo em um canteiro central existente nas proximidades entre o HRC e o Estádio de Taguatinga para almoçar.

Enquanto almoçava, a vítima foi abordada por três transeuntes, dois homens e uma mulher, os quais anunciaram o assalto. O primeiro autor, o homem preso durante a operação ora deflagrada, fez a abordagem na porta do motorista, apontando um Revólver calibre 38 em sua direção e ordenou que ele saísse do veículo e se sentasse no banco de trás, senão iria morrer. Em seguida ele ameaçou a vítima dizendo que era para ficar com a cabeça baixa e não olhar para eles, senão iria morrer.

Ato contínuo, ingressaram no carro os outros autores, posteriormente identificados como sendo um adolescente de 16 anos de idade e uma mulher de 19 anos, namorada do primeiro. A vítima não reagiu e obedeceu aos comandos dos autores e, após cerca de 10 minutos foi deixada na QNN 37.

A vítima registrou a ocorrência policial e, algumas horas depois foi informado que seu veículo havia sido localizado em poder do adolescente infrator e um outro homem desconhecido. A vítima foi até a DCA 2, local onde reconheceu o adolescente como sendo um dos executores do roubo e, em seguida, ele foi ao local onde estava o carro, tendo constatado que o mesmo estava com avarias em seu pneu e se encontrava muito sujo, pois os autores haviam defecado em seu interior.

A investigação prosseguiu pela 15ª DP, tendo o homem que portava a arma de fogo quando do roubo sido identificado, tendo sido representado pela decretação de sua prisão temporária e pela expedição de mandado de busca e apreensão para o seu endereço. As medidas cautelares foram deferidas e cumpridas na presente data. O autor foi localizado em sua casa, situada na QNQ 01 de Ceilândia e, na busca domiciliar realizada, os policiais encontraram dois simulacros de arma de fogo, os quais restaram apreendidos.

A terceira envolvida, uma mulher de 19 anos de idade, namorada do primeiro, também foi identificada e confessou sua participação no crime durante o seu interrogatório realizado logo após a deflagração da operação. Os autores foram indiciados pelo crime de roubo duplamente circunstanciado pelo concurso de pessoas e pela restrição de liberdade da vítima e pelo crime de corrupção de menores. Somadas, as penas de tais delitos podem superar os 14 anos de prisão.

O autor preso hoje possui extensa ficha criminal, se encontrando atualmente em liberdade condicional, após ter sido condenado a 19 anos de prisão pela prática dos crimes de receptação, corrupção de menores, tentativa de homicídio, dois crimes de roubo e falsidade ideológica. Ele possui 17 inquéritos policiais, 12 mandados de prisão, 4 recomendações de prisão e 18 alvarás de soltura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *