Bem-vindo – 17/04/2024 14:48
Previous slide
Next slide

Ex-prefeito de Pirenópolis é investigado por fraude em licitações

Polícia encontrou indícios de que o político tem envolvimento com esquemas de contratação de empresas de limpeza urbana durante sua gestão.

Polícia Civil investiga o ex-prefeito de Pirenópolis, João Batista Cabral, por suposto envolvimento com esquemas de fraudes em licitações durante sua gestão como chefe do Executivo do município. Servidores públicos e empresários também são alvos da Operação Resquício.

Segundo a polícia, há indícios de participação do ex-prefeito em um esquema criminoso que envolve fraudes em procedimentos licitatórios para contratação de empresa responsável pela limpeza urbana da cidade.

O inquérito policial havia sido concluído em 2019, onde servidores da prefeitura atuantes na época e empresários foram presos e denunciados pelo Ministério Público de Goiás. No entanto, as investigações se reavivaram agora com o ex-prefeito como investigado.

Pensão alimentícia

Recentemente, a Justiça obrigou João Batista a assumir, junto com o município, pagamento de pensão alimentícia a filha de uma mulher morta em acidente de trânsito ocorrido em 2020.

Segundo a investigação, a vítima, mãe de três filhos, estava em uma motocicleta quando foi atingida por um veículo do Fundo Municipal de Saúde de Pirenópolis, que era conduzido pelo ex-prefeito. As provas apontam que uma imprudência de trânsito por parte de João Batista foi o que provocou o acidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *