Bem-vindo – 12/07/2024 10:14
Previous slide
Next slide

Motoboy é agredido por PM armado, volta com colegas e ataca casa no DF

O policial aposentado deu um tapa no motoboy que, momentos depois, voltou com um grupo para atacar a casa do militar

Motociclistas e entregadores de aplicativo se reuniram para atacar a casa de um policial militar aposentado na madrugada desse domingo (7/7). Motivados por uma confusão entre o PM e um dos profissionais de delivery, o grupo foi até o Riacho Fundo como forma de protesto.

Tudo começou momento antes, por volta da meia-noite, quando um homem foi fazer uma entrega ao vizinho do policial. Uma filmagem mostra a discussão entre os dois. O PM, Fernando de Assis Silva, 73 anos, segura uma arma e, depois de bate-boca, dá um tapa no motoboy. Duas mulheres acompanham a confusão de perto.

Em menos de uma hora, o ex-militar foi surpreendido por dezenas de entregadores de aplicativo e motociclistas, que atacaram a sua casa.O grupo quebrou o portão de Francisco com chutes, além de arremessar objetos na residência, como vasos e bolas de concreto.

O aposentado foi até a 29ª delegacia de polícia, no Riacho Fundo, registrar boletim de ocorrência. Aos investigadores ele contou que se incomodou com o barulho que o motoboy fez ao realizar a entrega. O PM alega também que foi ameaçado.

Os policiais civis não apreenderam a arma, pois o PM tem autorização para possuí-la.

Já o entregador agredido não compareceu para registrar boletim de ocorrência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *