Bem-vindo – 17/04/2024 15:45
Previous slide
Next slide

PCDF prende jovem de 22 anos que vendia pornografia infantil

Rapaz foi flagrado dentro da própria casa, no Riacho Fundo II, comercializando o material pornográfico infantil

Um jovem de 22 anos foi preso em flagrante, na manhã desta terça-feira (19/4), enquanto  vendia pornografia infantil dentro da própria casa, no Riacho Fundo II. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) cumpria um mandado de busca e apreensão no endereço, no âmbito da operação Black Pack, quando flagrou o rapaz, com os dois irmãos, no momento que vendiam os “packs” ─ pacotes de fotos e vídeos ─ pela internet.

Ele confessou a prática e disse que operacionalizava as vendas sozinho desde janeiro deste ano. Nas transações, lucrava entre R$ 700 e R$ 800 por mês. Em uma das mensagens que compartilhou, o jovem afirmou ter cerca de 21 mil vídeos de conteúdo pornográfico infantil, os quais colocava à venda. O material continha imagens de crianças entre 2, 4 e 10 anos, adolescentes, além de imagens de famosos.

Em média, um pacote com 100 vídeos era vendido por R$ 10. Já um com 200 vídeos, R$ 20. Enquanto um de mil vídeos, era comercializado por R$ 100.

Segundo a polícia, o rapaz concluiu o ensino médio e estava desempregado. Ele já havia trabalhado em serviço de serralheiro.

Para o delegado da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), Dário Freitas, as famílias precisam ficar atentas ao comportamentos das crianças e adolescentes, pois estão comercializando vídeos próprios na internet.

“A PCDF verificou que os jovens estão produzindo em suas próprias residências esses vídeos e realizando a venda pela internet. A gente pede esse cuidado especial às famílias, para que observem seus filhos, crianças e adolescentes, em sites eles estão entrando, com quem eles estão conversando e que práticas eles estão realizando pela internet”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *