Bem-vindo – 22/06/2024 11:48
Previous slide
Next slide

Cooperativa COMIGO não reconhece que produto vendido a fazendeiro tenha causado a morte dos animais em Luziânia.

No dia 13/5 a empresa cooperativa comigo tomou conhecimento através do radar quem é o proprietário de uma fazenda no município de Luziânia GO relatava morte de cinco gados do seu rebanho, informando que a morte dos gados estaria relacionada ao suplemento Mineral da Cooperativa Comigo.

O Fazendeiro chegou a dizer que o prejuízo financeiro ultrapassou cem mil reais R$(100.000.00). Segundo o fazendeiro, o fato ocorreu no mês de março, a confirmação da intoxicação foi comprovado pela Universidade de Brasília através de Laudos Mortofológico, quatro animais foram intoxicados devido Pelo suplemento bovino comercializado pela cooperativa comigo.

MARIANA BONOW (2)

Laudo Técnico Zootécnico (1)

“Ao tomar conhecimento da matéria feita pelo radar Valparaíso, a assessoria de comunicação da cooperativa comigo informou em nota que” não reconhece que o produto vendido ao fazendeiro tenha causado a morte dos animais, que os níveis de garantia estão dentro do padrão estabelecido e indicado no rótulo do produto conforme o Laudo feito”.

RELATÓRIO

O Laudo “RELATÓRIO DE ENSAIO ABAIXO” foi realizado pelo laboratório SGB Consultoria Química Ltdaregistrado no MAPA e CRQ 4ª Região, com sede em Pedreira/SP, e-mail técnico: brendolan@sgbconsultoria.com.br, cujo resultado confirmou que os níveis de garantia estão dentro dos especificados no rótulo do produto. (Relatório de Ensaio em Anexo).

L-SGB-110134-Versão 01-Sup. Mineral Cooper Aguas Na – Comigo

Além da confirmação dos níveis de garantia do Suplemento Mineral, a Cooperativa COMIGO realizou vistoria técnica, através de pessoa habilitada, na propriedade rural denominada “Catalão ou Belo Vista”, cujo nome na matéria veiculada consta “fazenda MON REPOS em Luziânia”, sendo constatado que, em “condições normais de manejo o consumo dessa quantidade de suplemento não seria suficiente para causar a morte dos animais”.

Destaca-se, ainda, que foram produzidos 1.596 sacos de suplemento mineral inerentes ao lote nº 100786192, comercializados com diversos produtores rurais, e não foi verificada nenhuma reclamação de outros fazendeiros, o que confirma a improbabilidade da morte dos animais por toxidade causada pelo consumo do produto.

Diante do exposto, esta cooperativa não admite a possibilidade de as mortes dos animais estarem relacionadas com o consumo do Suplemento Mineral COMIGO COOPER ÁGUAS NA.

Segundo o fazendeiro, a empresa manteve contato através de mensagem, ele não relatou o teor da mensagem enviada pela empresa.

Rio Verde/GO, 19 de maio de 2022.

Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano – COMIGO

Departamento Comercial – Rações.

e-mail: juridico@comigo.com.br

Fone: (64) 3611-1500

SAC COMIGO: 0800 642 1500.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *